Segunda-feira, 31 de Janeiro de 2011

Será que é verdade, ou é só outra manobra para " Inglês Ver"?


Por ordem do ministro das Relações Exteriores, Antônio Patriota, os principais departamentos do Itamaraty, as embaixadas e a missão do Brasil na Organização das Nações Unidas preparam uma reavaliação da política externa brasileira. Esse trabalho, com conclusão prevista para março, tratará de temas como os direitos humanos em países de regimes autoritários, o papel do Brasil nas questões relacionadas ao Irã e o relacionamento com os Estados Unidos. Fonte: Estadão 

Temos que esperar para ver. Depois de tantas mentiras que ouvimos o governo petista já não tem mais credibilidade. 

Espero sinceramente que a política externa brasileira tenha uma mudança radical. O Brasil já foi muito prejudicado pela política externa desastrosa de Lula e Amorim.

O apoio irrestrito a ditaduras sanguinárias e a regimes genocidas custaram ao Brasil a tão sonhada cadeira permanente no Conselho de Segurança da ONU. Esta política de afastamento dos países que são Estados Democráticos de Direito, fez com que as posições do Brasil não sejam levadas a sério no cenário internacional.

O Brasil se afastou de seus amigos tradicionais, fazendo alianças com governos que nunca respeitaram a democracia e os direitos humanos.

Já passou da hora de deixarmos de lado os preconceitos criados durante o período da Guerra Fria e entender que o mundo mudou e que não podemos continuar vivendo eternamente nas décadas de 60 e 70. 
publicado por Brasil Liberdade e Democracia às 15:55
link | comentar | ver comentários (2) | favorito

Será que é verdade, ou é só outra manobra para " Inglês Ver"?


Por ordem do ministro das Relações Exteriores, Antônio Patriota, os principais departamentos do Itamaraty, as embaixadas e a missão do Brasil na Organização das Nações Unidas preparam uma reavaliação da política externa brasileira. Esse trabalho, com conclusão prevista para março, tratará de temas como os direitos humanos em países de regimes autoritários, o papel do Brasil nas questões relacionadas ao Irã e o relacionamento com os Estados Unidos. Fonte: Estadão 

Temos que esperar para ver. Depois de tantas mentiras que ouvimos o governo petista já não tem mais credibilidade. 

Espero sinceramente que a política externa brasileira tenha uma mudança radical. O Brasil já foi muito prejudicado pela política externa desastrosa de Lula e Amorim.

O apoio irrestrito a ditaduras sanguinárias e a regimes genocidas custaram ao Brasil a tão sonhada cadeira permanente no Conselho de Segurança da ONU. Esta política de afastamento dos países que são Estados Democráticos de Direito, fez com que as posições do Brasil não sejam levadas a sério no cenário internacional.

O Brasil se afastou de seus amigos tradicionais, fazendo alianças com governos que nunca respeitaram a democracia e os direitos humanos.

Já passou da hora de deixarmos de lado os preconceitos criados durante o período da Guerra Fria e entender que o mundo mudou e que não podemos continuar vivendo eternamente nas décadas de 60 e 70. 
publicado por Brasil Liberdade e Democracia às 15:55
link | comentar | ver comentários (2) | favorito

Será que é verdade, ou é só outra manobra para " Inglês Ver"?


Por ordem do ministro das Relações Exteriores, Antônio Patriota, os principais departamentos do Itamaraty, as embaixadas e a missão do Brasil na Organização das Nações Unidas preparam uma reavaliação da política externa brasileira. Esse trabalho, com conclusão prevista para março, tratará de temas como os direitos humanos em países de regimes autoritários, o papel do Brasil nas questões relacionadas ao Irã e o relacionamento com os Estados Unidos. Fonte: Estadão 

Temos que esperar para ver. Depois de tantas mentiras que ouvimos o governo petista já não tem mais credibilidade. 

Espero sinceramente que a política externa brasileira tenha uma mudança radical. O Brasil já foi muito prejudicado pela política externa desastrosa de Lula e Amorim.

O apoio irrestrito a ditaduras sanguinárias e a regimes genocidas custaram ao Brasil a tão sonhada cadeira permanente no Conselho de Segurança da ONU. Esta política de afastamento dos países que são Estados Democráticos de Direito, fez com que as posições do Brasil não sejam levadas a sério no cenário internacional.

O Brasil se afastou de seus amigos tradicionais, fazendo alianças com governos que nunca respeitaram a democracia e os direitos humanos.

Já passou da hora de deixarmos de lado os preconceitos criados durante o período da Guerra Fria e entender que o mundo mudou e que não podemos continuar vivendo eternamente nas décadas de 60 e 70. 
publicado por Brasil Liberdade e Democracia às 15:55
link | comentar | ver comentários (2) | favorito

Será que é verdade, ou é só outra manobra para " Inglês Ver"?


Por ordem do ministro das Relações Exteriores, Antônio Patriota, os principais departamentos do Itamaraty, as embaixadas e a missão do Brasil na Organização das Nações Unidas preparam uma reavaliação da política externa brasileira. Esse trabalho, com conclusão prevista para março, tratará de temas como os direitos humanos em países de regimes autoritários, o papel do Brasil nas questões relacionadas ao Irã e o relacionamento com os Estados Unidos. Fonte: Estadão 

Temos que esperar para ver. Depois de tantas mentiras que ouvimos o governo petista já não tem mais credibilidade. 

Espero sinceramente que a política externa brasileira tenha uma mudança radical. O Brasil já foi muito prejudicado pela política externa desastrosa de Lula e Amorim.

O apoio irrestrito a ditaduras sanguinárias e a regimes genocidas custaram ao Brasil a tão sonhada cadeira permanente no Conselho de Segurança da ONU. Esta política de afastamento dos países que são Estados Democráticos de Direito, fez com que as posições do Brasil não sejam levadas a sério no cenário internacional.

O Brasil se afastou de seus amigos tradicionais, fazendo alianças com governos que nunca respeitaram a democracia e os direitos humanos.

Já passou da hora de deixarmos de lado os preconceitos criados durante o período da Guerra Fria e entender que o mundo mudou e que não podemos continuar vivendo eternamente nas décadas de 60 e 70. 
publicado por Brasil Liberdade e Democracia às 15:55
link | comentar | ver comentários (2) | favorito

Será que é verdade, ou é só outra manobra para " Inglês Ver"?


Por ordem do ministro das Relações Exteriores, Antônio Patriota, os principais departamentos do Itamaraty, as embaixadas e a missão do Brasil na Organização das Nações Unidas preparam uma reavaliação da política externa brasileira. Esse trabalho, com conclusão prevista para março, tratará de temas como os direitos humanos em países de regimes autoritários, o papel do Brasil nas questões relacionadas ao Irã e o relacionamento com os Estados Unidos. Fonte: Estadão 

Temos que esperar para ver. Depois de tantas mentiras que ouvimos o governo petista já não tem mais credibilidade. 

Espero sinceramente que a política externa brasileira tenha uma mudança radical. O Brasil já foi muito prejudicado pela política externa desastrosa de Lula e Amorim.

O apoio irrestrito a ditaduras sanguinárias e a regimes genocidas custaram ao Brasil a tão sonhada cadeira permanente no Conselho de Segurança da ONU. Esta política de afastamento dos países que são Estados Democráticos de Direito, fez com que as posições do Brasil não sejam levadas a sério no cenário internacional.

O Brasil se afastou de seus amigos tradicionais, fazendo alianças com governos que nunca respeitaram a democracia e os direitos humanos.

Já passou da hora de deixarmos de lado os preconceitos criados durante o período da Guerra Fria e entender que o mundo mudou e que não podemos continuar vivendo eternamente nas décadas de 60 e 70. 
publicado por Brasil Liberdade e Democracia às 15:55
link | comentar | ver comentários (2) | favorito

Será que é verdade, ou é só outra manobra para " Inglês Ver"?


Por ordem do ministro das Relações Exteriores, Antônio Patriota, os principais departamentos do Itamaraty, as embaixadas e a missão do Brasil na Organização das Nações Unidas preparam uma reavaliação da política externa brasileira. Esse trabalho, com conclusão prevista para março, tratará de temas como os direitos humanos em países de regimes autoritários, o papel do Brasil nas questões relacionadas ao Irã e o relacionamento com os Estados Unidos. Fonte: Estadão 

Temos que esperar para ver. Depois de tantas mentiras que ouvimos o governo petista já não tem mais credibilidade. 

Espero sinceramente que a política externa brasileira tenha uma mudança radical. O Brasil já foi muito prejudicado pela política externa desastrosa de Lula e Amorim.

O apoio irrestrito a ditaduras sanguinárias e a regimes genocidas custaram ao Brasil a tão sonhada cadeira permanente no Conselho de Segurança da ONU. Esta política de afastamento dos países que são Estados Democráticos de Direito, fez com que as posições do Brasil não sejam levadas a sério no cenário internacional.

O Brasil se afastou de seus amigos tradicionais, fazendo alianças com governos que nunca respeitaram a democracia e os direitos humanos.

Já passou da hora de deixarmos de lado os preconceitos criados durante o período da Guerra Fria e entender que o mundo mudou e que não podemos continuar vivendo eternamente nas décadas de 60 e 70. 
publicado por Brasil Liberdade e Democracia às 15:55
link | comentar | ver comentários (2) | favorito

Será que é verdade, ou é só outra manobra para " Inglês Ver"?


Por ordem do ministro das Relações Exteriores, Antônio Patriota, os principais departamentos do Itamaraty, as embaixadas e a missão do Brasil na Organização das Nações Unidas preparam uma reavaliação da política externa brasileira. Esse trabalho, com conclusão prevista para março, tratará de temas como os direitos humanos em países de regimes autoritários, o papel do Brasil nas questões relacionadas ao Irã e o relacionamento com os Estados Unidos. Fonte: Estadão 

Temos que esperar para ver. Depois de tantas mentiras que ouvimos o governo petista já não tem mais credibilidade. 

Espero sinceramente que a política externa brasileira tenha uma mudança radical. O Brasil já foi muito prejudicado pela política externa desastrosa de Lula e Amorim.

O apoio irrestrito a ditaduras sanguinárias e a regimes genocidas custaram ao Brasil a tão sonhada cadeira permanente no Conselho de Segurança da ONU. Esta política de afastamento dos países que são Estados Democráticos de Direito, fez com que as posições do Brasil não sejam levadas a sério no cenário internacional.

O Brasil se afastou de seus amigos tradicionais, fazendo alianças com governos que nunca respeitaram a democracia e os direitos humanos.

Já passou da hora de deixarmos de lado os preconceitos criados durante o período da Guerra Fria e entender que o mundo mudou e que não podemos continuar vivendo eternamente nas décadas de 60 e 70. 
publicado por Brasil Liberdade e Democracia às 15:55
link | comentar | ver comentários (2) | favorito

Será que é verdade, ou é só outra manobra para " Inglês Ver"?


Por ordem do ministro das Relações Exteriores, Antônio Patriota, os principais departamentos do Itamaraty, as embaixadas e a missão do Brasil na Organização das Nações Unidas preparam uma reavaliação da política externa brasileira. Esse trabalho, com conclusão prevista para março, tratará de temas como os direitos humanos em países de regimes autoritários, o papel do Brasil nas questões relacionadas ao Irã e o relacionamento com os Estados Unidos. Fonte: Estadão 

Temos que esperar para ver. Depois de tantas mentiras que ouvimos o governo petista já não tem mais credibilidade. 

Espero sinceramente que a política externa brasileira tenha uma mudança radical. O Brasil já foi muito prejudicado pela política externa desastrosa de Lula e Amorim.

O apoio irrestrito a ditaduras sanguinárias e a regimes genocidas custaram ao Brasil a tão sonhada cadeira permanente no Conselho de Segurança da ONU. Esta política de afastamento dos países que são Estados Democráticos de Direito, fez com que as posições do Brasil não sejam levadas a sério no cenário internacional.

O Brasil se afastou de seus amigos tradicionais, fazendo alianças com governos que nunca respeitaram a democracia e os direitos humanos.

Já passou da hora de deixarmos de lado os preconceitos criados durante o período da Guerra Fria e entender que o mundo mudou e que não podemos continuar vivendo eternamente nas décadas de 60 e 70. 
publicado por Brasil Liberdade e Democracia às 15:55
link | comentar | ver comentários (2) | favorito

Estamos esperando para ver onde isto vai parar.

Em sua primeira viagem ao exterior, Dilma Rousseff foi a Argentina onde, após sua reunião com a presidente daquele país, se reuniu com integrantes do movimento Mães e Avós da Praça de Maio.

Tenho curiosidade de ver se na sua visita a Cuba, a presidente também se reunirá com representantes das Damas de Branco, que tal e qual as Mães da Praça de Maio Argentina, pedem respeito aos direitos humanos em Cuba e querem notícias de seus filhos, maridos e netos presos pelo governo dos irmãos Castro.

Muitos destes opositores ao regime cubano, depois de torturados, foram executados no Paredon.

Cuba, um país com uma população muito menor que a do Brasil e da Argentina, executou mais oposicionistas ao governo do que qualquer um dos dois países latino americanos durante seus períodos de ditadura.

publicado por Brasil Liberdade e Democracia às 15:24
link | comentar | favorito

Estamos esperando para ver onde isto vai parar.

Em sua primeira viagem ao exterior, Dilma Rousseff foi a Argentina onde, após sua reunião com a presidente daquele país, se reuniu com integrantes do movimento Mães e Avós da Praça de Maio.

Tenho curiosidade de ver se na sua visita a Cuba, a presidente também se reunirá com representantes das Damas de Branco, que tal e qual as Mães da Praça de Maio Argentina, pedem respeito aos direitos humanos em Cuba e querem notícias de seus filhos, maridos e netos presos pelo governo dos irmãos Castro.

Muitos destes opositores ao regime cubano, depois de torturados, foram executados no Paredon.

Cuba, um país com uma população muito menor que a do Brasil e da Argentina, executou mais oposicionistas ao governo do que qualquer um dos dois países latino americanos durante seus períodos de ditadura.

publicado por Brasil Liberdade e Democracia às 15:24
link | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. O PT está destruindo a ec...

. Agora a responsabilidade ...

. Dilma Rousseff mente

. Este será o futuro do Bra...

. Canção do Médico Cubano

. PROGRAMA MINHA CASA MINHA...

. Brasil cria 1,1 milhão de...

. A economia brasileira con...

. O PT está destruindo o qu...

. Falta de amor ao próximo

.arquivos

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub