Sábado, 28 de Fevereiro de 2009

Venezuela - Democracia?


Todo o dia alguém vem defender Hugo Chaves dizendo que o santo não é um ditador pois já realizou mais de 14 eleições na Venezuela, como se eleições e número de eleições fosse indicativo de democracia.

Se fosse assim não poderíamos nunca dizer que a Alemanha Nazista era uma ditadura. Afinal de contas havia eleições na Alemanha.

A Cuba de Fidel Castro seria uma democracia, quantas eleições já foram realizadas lá nos 50 anos de ditadura comunita?

Na União Soviética, na Coréia do Norte, no Irã, no Iraque de Sadã Husseim sempre houve eleições. São ou eram democracias?

E esta é para matar a esquerda de vez. Quantas eleições houve durante o regime militar no Brasil? E no Brasil com eleições era uma ditadura, já a Venezuela não é. É muita incoerência.

Na minha opinião, para que um país possa ser classificado como democrata entre outras as seguintes condições devem exisitir:

1. Eleições livres
2. Respeito a opinião das minorias
3. Imprensa livre
4. Poderes independentes, executivo, legislativo e judiciário
5. Liberdade de palavra, ou seja livre manifestação
6. Respeito a propriedade privada
7. Justiça Social - não quer dizer igualdade de condições econômicas, mas sim igualdade de oportunidades.
8. Cumprimento da Constituição e das Leis do país
9. Punição para corrupção e falta de comportamento ético.

Como disse há outros fatores.

Levando estes em consideração vemos que a Venezuela não pode ser considerada uma democracia. Chaves fecha TVs, rádios e jornais de oposição. Chaves controla 100% do legislativo e do judiciário além é lógico do executivo.

E o pior é que se analisarmos por este angulo veremos que estamos paulatinamente perdendo nossa condição de democracia.

Lula não tolera crítica. Vez por outra ataca a imprensa e por diversas vezes já tentou amordaçar a imprensa livre. O legislativo está dominado através de propinas para os deputados. O presidente age a margem da lei, e o judiciário não age.



publicado por Brasil Liberdade e Democracia às 23:19
link | comentar | ver comentários (12) | favorito

Venezuela - Democracia?


Todo o dia alguém vem defender Hugo Chaves dizendo que o santo não é um ditador pois já realizou mais de 14 eleições na Venezuela, como se eleições e número de eleições fosse indicativo de democracia.

Se fosse assim não poderíamos nunca dizer que a Alemanha Nazista era uma ditadura. Afinal de contas havia eleições na Alemanha.

A Cuba de Fidel Castro seria uma democracia, quantas eleições já foram realizadas lá nos 50 anos de ditadura comunita?

Na União Soviética, na Coréia do Norte, no Irã, no Iraque de Sadã Husseim sempre houve eleições. São ou eram democracias?

E esta é para matar a esquerda de vez. Quantas eleições houve durante o regime militar no Brasil? E no Brasil com eleições era uma ditadura, já a Venezuela não é. É muita incoerência.

Na minha opinião, para que um país possa ser classificado como democrata entre outras as seguintes condições devem exisitir:

1. Eleições livres
2. Respeito a opinião das minorias
3. Imprensa livre
4. Poderes independentes, executivo, legislativo e judiciário
5. Liberdade de palavra, ou seja livre manifestação
6. Respeito a propriedade privada
7. Justiça Social - não quer dizer igualdade de condições econômicas, mas sim igualdade de oportunidades.
8. Cumprimento da Constituição e das Leis do país
9. Punição para corrupção e falta de comportamento ético.

Como disse há outros fatores.

Levando estes em consideração vemos que a Venezuela não pode ser considerada uma democracia. Chaves fecha TVs, rádios e jornais de oposição. Chaves controla 100% do legislativo e do judiciário além é lógico do executivo.

E o pior é que se analisarmos por este angulo veremos que estamos paulatinamente perdendo nossa condição de democracia.

Lula não tolera crítica. Vez por outra ataca a imprensa e por diversas vezes já tentou amordaçar a imprensa livre. O legislativo está dominado através de propinas para os deputados. O presidente age a margem da lei, e o judiciário não age.



publicado por Brasil Liberdade e Democracia às 23:19
link | comentar | ver comentários (12) | favorito

Venezuela - Democracia?


Todo o dia alguém vem defender Hugo Chaves dizendo que o santo não é um ditador pois já realizou mais de 14 eleições na Venezuela, como se eleições e número de eleições fosse indicativo de democracia.

Se fosse assim não poderíamos nunca dizer que a Alemanha Nazista era uma ditadura. Afinal de contas havia eleições na Alemanha.

A Cuba de Fidel Castro seria uma democracia, quantas eleições já foram realizadas lá nos 50 anos de ditadura comunita?

Na União Soviética, na Coréia do Norte, no Irã, no Iraque de Sadã Husseim sempre houve eleições. São ou eram democracias?

E esta é para matar a esquerda de vez. Quantas eleições houve durante o regime militar no Brasil? E no Brasil com eleições era uma ditadura, já a Venezuela não é. É muita incoerência.

Na minha opinião, para que um país possa ser classificado como democrata entre outras as seguintes condições devem exisitir:

1. Eleições livres
2. Respeito a opinião das minorias
3. Imprensa livre
4. Poderes independentes, executivo, legislativo e judiciário
5. Liberdade de palavra, ou seja livre manifestação
6. Respeito a propriedade privada
7. Justiça Social - não quer dizer igualdade de condições econômicas, mas sim igualdade de oportunidades.
8. Cumprimento da Constituição e das Leis do país
9. Punição para corrupção e falta de comportamento ético.

Como disse há outros fatores.

Levando estes em consideração vemos que a Venezuela não pode ser considerada uma democracia. Chaves fecha TVs, rádios e jornais de oposição. Chaves controla 100% do legislativo e do judiciário além é lógico do executivo.

E o pior é que se analisarmos por este angulo veremos que estamos paulatinamente perdendo nossa condição de democracia.

Lula não tolera crítica. Vez por outra ataca a imprensa e por diversas vezes já tentou amordaçar a imprensa livre. O legislativo está dominado através de propinas para os deputados. O presidente age a margem da lei, e o judiciário não age.



publicado por Brasil Liberdade e Democracia às 23:19
link | comentar | ver comentários (12) | favorito

Venezuela - Democracia?


Todo o dia alguém vem defender Hugo Chaves dizendo que o santo não é um ditador pois já realizou mais de 14 eleições na Venezuela, como se eleições e número de eleições fosse indicativo de democracia.

Se fosse assim não poderíamos nunca dizer que a Alemanha Nazista era uma ditadura. Afinal de contas havia eleições na Alemanha.

A Cuba de Fidel Castro seria uma democracia, quantas eleições já foram realizadas lá nos 50 anos de ditadura comunita?

Na União Soviética, na Coréia do Norte, no Irã, no Iraque de Sadã Husseim sempre houve eleições. São ou eram democracias?

E esta é para matar a esquerda de vez. Quantas eleições houve durante o regime militar no Brasil? E no Brasil com eleições era uma ditadura, já a Venezuela não é. É muita incoerência.

Na minha opinião, para que um país possa ser classificado como democrata entre outras as seguintes condições devem exisitir:

1. Eleições livres
2. Respeito a opinião das minorias
3. Imprensa livre
4. Poderes independentes, executivo, legislativo e judiciário
5. Liberdade de palavra, ou seja livre manifestação
6. Respeito a propriedade privada
7. Justiça Social - não quer dizer igualdade de condições econômicas, mas sim igualdade de oportunidades.
8. Cumprimento da Constituição e das Leis do país
9. Punição para corrupção e falta de comportamento ético.

Como disse há outros fatores.

Levando estes em consideração vemos que a Venezuela não pode ser considerada uma democracia. Chaves fecha TVs, rádios e jornais de oposição. Chaves controla 100% do legislativo e do judiciário além é lógico do executivo.

E o pior é que se analisarmos por este angulo veremos que estamos paulatinamente perdendo nossa condição de democracia.

Lula não tolera crítica. Vez por outra ataca a imprensa e por diversas vezes já tentou amordaçar a imprensa livre. O legislativo está dominado através de propinas para os deputados. O presidente age a margem da lei, e o judiciário não age.



publicado por Brasil Liberdade e Democracia às 23:19
link | comentar | ver comentários (12) | favorito

Venezuela - Democracia?


Todo o dia alguém vem defender Hugo Chaves dizendo que o santo não é um ditador pois já realizou mais de 14 eleições na Venezuela, como se eleições e número de eleições fosse indicativo de democracia.

Se fosse assim não poderíamos nunca dizer que a Alemanha Nazista era uma ditadura. Afinal de contas havia eleições na Alemanha.

A Cuba de Fidel Castro seria uma democracia, quantas eleições já foram realizadas lá nos 50 anos de ditadura comunita?

Na União Soviética, na Coréia do Norte, no Irã, no Iraque de Sadã Husseim sempre houve eleições. São ou eram democracias?

E esta é para matar a esquerda de vez. Quantas eleições houve durante o regime militar no Brasil? E no Brasil com eleições era uma ditadura, já a Venezuela não é. É muita incoerência.

Na minha opinião, para que um país possa ser classificado como democrata entre outras as seguintes condições devem exisitir:

1. Eleições livres
2. Respeito a opinião das minorias
3. Imprensa livre
4. Poderes independentes, executivo, legislativo e judiciário
5. Liberdade de palavra, ou seja livre manifestação
6. Respeito a propriedade privada
7. Justiça Social - não quer dizer igualdade de condições econômicas, mas sim igualdade de oportunidades.
8. Cumprimento da Constituição e das Leis do país
9. Punição para corrupção e falta de comportamento ético.

Como disse há outros fatores.

Levando estes em consideração vemos que a Venezuela não pode ser considerada uma democracia. Chaves fecha TVs, rádios e jornais de oposição. Chaves controla 100% do legislativo e do judiciário além é lógico do executivo.

E o pior é que se analisarmos por este angulo veremos que estamos paulatinamente perdendo nossa condição de democracia.

Lula não tolera crítica. Vez por outra ataca a imprensa e por diversas vezes já tentou amordaçar a imprensa livre. O legislativo está dominado através de propinas para os deputados. O presidente age a margem da lei, e o judiciário não age.



publicado por Brasil Liberdade e Democracia às 23:19
link | comentar | ver comentários (12) | favorito

Venezuela - Democracia?


Todo o dia alguém vem defender Hugo Chaves dizendo que o santo não é um ditador pois já realizou mais de 14 eleições na Venezuela, como se eleições e número de eleições fosse indicativo de democracia.

Se fosse assim não poderíamos nunca dizer que a Alemanha Nazista era uma ditadura. Afinal de contas havia eleições na Alemanha.

A Cuba de Fidel Castro seria uma democracia, quantas eleições já foram realizadas lá nos 50 anos de ditadura comunita?

Na União Soviética, na Coréia do Norte, no Irã, no Iraque de Sadã Husseim sempre houve eleições. São ou eram democracias?

E esta é para matar a esquerda de vez. Quantas eleições houve durante o regime militar no Brasil? E no Brasil com eleições era uma ditadura, já a Venezuela não é. É muita incoerência.

Na minha opinião, para que um país possa ser classificado como democrata entre outras as seguintes condições devem exisitir:

1. Eleições livres
2. Respeito a opinião das minorias
3. Imprensa livre
4. Poderes independentes, executivo, legislativo e judiciário
5. Liberdade de palavra, ou seja livre manifestação
6. Respeito a propriedade privada
7. Justiça Social - não quer dizer igualdade de condições econômicas, mas sim igualdade de oportunidades.
8. Cumprimento da Constituição e das Leis do país
9. Punição para corrupção e falta de comportamento ético.

Como disse há outros fatores.

Levando estes em consideração vemos que a Venezuela não pode ser considerada uma democracia. Chaves fecha TVs, rádios e jornais de oposição. Chaves controla 100% do legislativo e do judiciário além é lógico do executivo.

E o pior é que se analisarmos por este angulo veremos que estamos paulatinamente perdendo nossa condição de democracia.

Lula não tolera crítica. Vez por outra ataca a imprensa e por diversas vezes já tentou amordaçar a imprensa livre. O legislativo está dominado através de propinas para os deputados. O presidente age a margem da lei, e o judiciário não age.



publicado por Brasil Liberdade e Democracia às 23:19
link | comentar | ver comentários (12) | favorito

Venezuela - Democracia?


Todo o dia alguém vem defender Hugo Chaves dizendo que o santo não é um ditador pois já realizou mais de 14 eleições na Venezuela, como se eleições e número de eleições fosse indicativo de democracia.

Se fosse assim não poderíamos nunca dizer que a Alemanha Nazista era uma ditadura. Afinal de contas havia eleições na Alemanha.

A Cuba de Fidel Castro seria uma democracia, quantas eleições já foram realizadas lá nos 50 anos de ditadura comunita?

Na União Soviética, na Coréia do Norte, no Irã, no Iraque de Sadã Husseim sempre houve eleições. São ou eram democracias?

E esta é para matar a esquerda de vez. Quantas eleições houve durante o regime militar no Brasil? E no Brasil com eleições era uma ditadura, já a Venezuela não é. É muita incoerência.

Na minha opinião, para que um país possa ser classificado como democrata entre outras as seguintes condições devem exisitir:

1. Eleições livres
2. Respeito a opinião das minorias
3. Imprensa livre
4. Poderes independentes, executivo, legislativo e judiciário
5. Liberdade de palavra, ou seja livre manifestação
6. Respeito a propriedade privada
7. Justiça Social - não quer dizer igualdade de condições econômicas, mas sim igualdade de oportunidades.
8. Cumprimento da Constituição e das Leis do país
9. Punição para corrupção e falta de comportamento ético.

Como disse há outros fatores.

Levando estes em consideração vemos que a Venezuela não pode ser considerada uma democracia. Chaves fecha TVs, rádios e jornais de oposição. Chaves controla 100% do legislativo e do judiciário além é lógico do executivo.

E o pior é que se analisarmos por este angulo veremos que estamos paulatinamente perdendo nossa condição de democracia.

Lula não tolera crítica. Vez por outra ataca a imprensa e por diversas vezes já tentou amordaçar a imprensa livre. O legislativo está dominado através de propinas para os deputados. O presidente age a margem da lei, e o judiciário não age.



publicado por Brasil Liberdade e Democracia às 23:19
link | comentar | ver comentários (12) | favorito

Venezuela - Democracia?


Todo o dia alguém vem defender Hugo Chaves dizendo que o santo não é um ditador pois já realizou mais de 14 eleições na Venezuela, como se eleições e número de eleições fosse indicativo de democracia.

Se fosse assim não poderíamos nunca dizer que a Alemanha Nazista era uma ditadura. Afinal de contas havia eleições na Alemanha.

A Cuba de Fidel Castro seria uma democracia, quantas eleições já foram realizadas lá nos 50 anos de ditadura comunita?

Na União Soviética, na Coréia do Norte, no Irã, no Iraque de Sadã Husseim sempre houve eleições. São ou eram democracias?

E esta é para matar a esquerda de vez. Quantas eleições houve durante o regime militar no Brasil? E no Brasil com eleições era uma ditadura, já a Venezuela não é. É muita incoerência.

Na minha opinião, para que um país possa ser classificado como democrata entre outras as seguintes condições devem exisitir:

1. Eleições livres
2. Respeito a opinião das minorias
3. Imprensa livre
4. Poderes independentes, executivo, legislativo e judiciário
5. Liberdade de palavra, ou seja livre manifestação
6. Respeito a propriedade privada
7. Justiça Social - não quer dizer igualdade de condições econômicas, mas sim igualdade de oportunidades.
8. Cumprimento da Constituição e das Leis do país
9. Punição para corrupção e falta de comportamento ético.

Como disse há outros fatores.

Levando estes em consideração vemos que a Venezuela não pode ser considerada uma democracia. Chaves fecha TVs, rádios e jornais de oposição. Chaves controla 100% do legislativo e do judiciário além é lógico do executivo.

E o pior é que se analisarmos por este angulo veremos que estamos paulatinamente perdendo nossa condição de democracia.

Lula não tolera crítica. Vez por outra ataca a imprensa e por diversas vezes já tentou amordaçar a imprensa livre. O legislativo está dominado através de propinas para os deputados. O presidente age a margem da lei, e o judiciário não age.



publicado por Brasil Liberdade e Democracia às 23:19
link | comentar | ver comentários (12) | favorito

Venezuela - Democracia?


Todo o dia alguém vem defender Hugo Chaves dizendo que o santo não é um ditador pois já realizou mais de 14 eleições na Venezuela, como se eleições e número de eleições fosse indicativo de democracia.

Se fosse assim não poderíamos nunca dizer que a Alemanha Nazista era uma ditadura. Afinal de contas havia eleições na Alemanha.

A Cuba de Fidel Castro seria uma democracia, quantas eleições já foram realizadas lá nos 50 anos de ditadura comunita?

Na União Soviética, na Coréia do Norte, no Irã, no Iraque de Sadã Husseim sempre houve eleições. São ou eram democracias?

E esta é para matar a esquerda de vez. Quantas eleições houve durante o regime militar no Brasil? E no Brasil com eleições era uma ditadura, já a Venezuela não é. É muita incoerência.

Na minha opinião, para que um país possa ser classificado como democrata entre outras as seguintes condições devem exisitir:

1. Eleições livres
2. Respeito a opinião das minorias
3. Imprensa livre
4. Poderes independentes, executivo, legislativo e judiciário
5. Liberdade de palavra, ou seja livre manifestação
6. Respeito a propriedade privada
7. Justiça Social - não quer dizer igualdade de condições econômicas, mas sim igualdade de oportunidades.
8. Cumprimento da Constituição e das Leis do país
9. Punição para corrupção e falta de comportamento ético.

Como disse há outros fatores.

Levando estes em consideração vemos que a Venezuela não pode ser considerada uma democracia. Chaves fecha TVs, rádios e jornais de oposição. Chaves controla 100% do legislativo e do judiciário além é lógico do executivo.

E o pior é que se analisarmos por este angulo veremos que estamos paulatinamente perdendo nossa condição de democracia.

Lula não tolera crítica. Vez por outra ataca a imprensa e por diversas vezes já tentou amordaçar a imprensa livre. O legislativo está dominado através de propinas para os deputados. O presidente age a margem da lei, e o judiciário não age.



publicado por Brasil Liberdade e Democracia às 23:19
link | comentar | ver comentários (12) | favorito

Adote um Político


De: O Expositor Cristão Fevereiro de2009


A emissora de rádio CBN lançou a campanha e está se espalhando pelo país. A idéia é escolher um nome dentre os vereadores que iniciaram seus mandatos agora no início do ano e acompanhar atentamente as sua ações na Câmara Municipal. Isto também pode ser feito com um deputado estadual, um federal e um senador.


Se possível entre em contato direto com o político por carta ou e-mail, apresentando-se como eleitor de seu município ou estado e, gentilmente, pedindo que ele ou ela envie a você informações regulares a respeito de sua agenda de trabalho, projetos e propostas.


Você também tem o direito de lhe mandar sugestões, críticas e elogios, a fim de contribuir com a melhoria de vida em sua comunidade ou estado.


Caso o político não responda à sua solicitação, ainda é possível acompanhar o desempenho dele pelos meios de comunicação ou pelo site da prefeitura, da assembléia legislativa, da câmara de deputados ou do senado.


Contudo, políticos que ignoram a população correm sério risco de não serem re-eleitos, e eles devem saber disto.


O ideal é organizar um grupo, de tal forma que cada pessoa acompanhe o trabalho de um vereador, deputa e senador, e depois passe a compartilhar as informações com o restante do grupo.


Pode-se formar um grupo no Orkut, no clube, na igreja, na família ou em qualquer outro tipo de atividade.


Que tal fazer este importante trabalho de cidadania?
publicado por Brasil Liberdade e Democracia às 16:05
link | comentar | ver comentários (10) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. O PT está destruindo a ec...

. Agora a responsabilidade ...

. Dilma Rousseff mente

. Este será o futuro do Bra...

. Canção do Médico Cubano

. PROGRAMA MINHA CASA MINHA...

. Brasil cria 1,1 milhão de...

. A economia brasileira con...

. O PT está destruindo o qu...

. Falta de amor ao próximo

.arquivos

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds